Tag Archives: cinema italiano

Teu Vício é um Quarto Fechado e Só eu Tenho a Chave (Sergio Martino, 1972)

O Martino parece ter uma tendência irresistível e maravilhosa pra sempre torcer e anular o gênero conforme lhe der na telha. Aqui ele desmente o giallo (como já havia feito ao final de Sra. Wardh) pra se assumir como uma … Continue reading

11 Comments

Filed under Comentários

Um Gato no Cérebro (Un Gatto Nel Cervello – Lucio Fulci, 1990)

Uma viagem de sangue, vermes, vísceras e orgias de violência ininterrupta pelos cantos podres da mente de um dos diretores mais loucos e criativos do (outro) mundo. Quem já teve algum contato com a filmografia do cara sabe o quanto … Continue reading

2 Comments

Filed under Comentários

Dança Macabra (Danza Macabra – Antonio Margheriti, 1964)

Lindo. Uma enciclopédia do cinema fantástico. Sombras, fumaça, fantasmas, lesbianismo, vampirismo, amantes separados pela morte, maldição, etc, tudo num castelo mal-assombrado com uma trama que ensaia um plot shakespeariano pra cair de vez na literatura gótica. Não bastasse, Allan Poe … Continue reading

Comments Off

Filed under Comentários

Noites Brancas (Le Notti Bianche – Luchino Visconti, 1957)

Seria o amor um sentimento explicável, com características simples e descritíveis, existente em sua plenitude somente em um mundo onde a realidade não predomina sobre a imaginação? O que dizer então de suas gradações – o amar demais, por exemplo … Continue reading

Comments Off

Filed under Resenhas

Caos Calmo (Antonello Grimaldi, 2008)

Nanni Moretti é um ator, roteirista e diretor italiano, que dentre várias belas obras cinematográficas, fez em 2001 um dos filmes mais contundentes sobre o difícil momento da perda de alguém, o devastador O Quarto do Filho. Moretti é também … Continue reading

Comments Off

Filed under Comentários

Schock (Shock – Mario Bava, 1977)

- Mommy, i have to kill you. Arquitetura do medo em estado puro. Estão ali, todos os insights, todos os conceitos, toda a matéria-prima pra se um dia você resolver fazer um filme com uma atmosfera insuportável e manter o … Continue reading

9 Comments

Filed under Comentários

Buio Omega (Joe D’Amato, 1979)

Se há filmes feitos pro cérebro, pro coração, pros olhos, ouvidos e até pro moleque pequeno [/Analista de Bagé], Buio Omega vai direto no estômago. D’Amato despe seu filme de todo tipo de artifício ou sofisticação visual comum no gênero … Continue reading

1 Comment

Filed under Comentários

Operazione Paura (Mario Bava, 1966)

Bava apenas orquestra a mais poderosa opressão atmosférica da história do cinema. Não tem explicação. São 80 minutos do que há de mais puro, selvagem e sensorial; um cinema que se comunica pela cadência do coração e pela linguagem dos … Continue reading

6 Comments

Filed under Comentários

Lisa e o Diabo (Lisa e il Diavolo / Lisa and the Devil – Mario Bava, 1973)

Lisa e il Diavolo é a alegoria substancial da perdição humana, entregue e rendida num pesadelo paralelo aos feitiços de um manipulador mais terrível, mais pervertido e articulado, cheio de um bom humor como manifestação quase sexual do seu talento: … Continue reading

8 Comments

Filed under Comentários

Premonição (Sette Note in Nero / The Psychic – Lucio Fulci, 1977)

A obsessão como matéria-prima daquele suspense catalogado por Alfred Hitchcock se encontra quase sempre nas vias do desespero como a manifestação mais pura e brutal de um aparentemente simples sentimento de vazio, uma necessidade que só pode ser alimentada com … Continue reading

2 Comments

Filed under Resenhas