Comandos do Ar (Strategic Air Command – Anthony Mann, 1955)

Em caráter extraordinário este será o primeiro e único texto de um parágrafo só do especial, uma porque estou inspirado pelo tédio contagiante do Anthony Mann, outra porque não tenho nada pra falar mesmo, e finalmente porque isto não é um filme, é uma propaganda. E tudo bem, não teria problema algum se fosse uma boa propaganda (no sentido de bem feita, pouco me interessa o discurso). Trata-se de um projeto da Paramount pra dar suporte a SAC (“Strategic Air Command”) durante a Guerra Fria. James Stewart tá nessa por culpa do seu passado recente na 2º Guerra, Mann porque é empregado (ou pra servir à nação, pouco importa). Parece até paródia às vezes, mas é a sério uma mensagem do Governo de que o bom homem abandona sua carreira, sua felicidade e sua família para se colocar à disposição de seu país, tudo isso naquele clima americano anos 50 que acabou ficando folclórico anos mais tarde como sinônimo de sociedade das aparências. Nesse sentido até pode valer como curiosidade, mas sem ilusões, Comandos do Ar é imprestável.

0/4

Luis Henrique Boaventura

1 Comment

Filed under Comentários

One Response to Comandos do Ar (Strategic Air Command – Anthony Mann, 1955)