Shaft (Gordon Parks, 1971)

O que “Sweet Sweetback’s Baadasssss Song” possuía de inovador e contestador, Shaft possui de classe e glamour (ainda que seja um representante do movimento). Aqui a mensagem sociopolítica é um pouco mais diluída, até porquê a MGM vui o extremo sucesso do filme pioneiro e resolveu pegar a sua fatia do bolo. Mas o fez gerando um bom filme, com um personagem digno de ser um “bad ass nigga motherfucker”, com claras influências dos filmes noir envolvendo detetives particulares. E, se “Sweet Sweetback’s Baadasssss Song” tinha Earth, Wind and Fire na trilha (além de outras faixas escolhidas por Melvin Van Peebles), Shaft tinha Isaac Hayes, o que acabou garantindo um merecido Oscar para a maravilhosa trilha, e uma direção redonda, sem a invencionice (ou maluquice, ou genialidade, depende da sua interpretação) do filme anteriomente citado, mas que segura bem o filme.

3/4

Adney Silva

2 Comments

Filed under Comentários

2 Responses to Shaft (Gordon Parks, 1971)

  1. caiolefou

    Legalzão o filme, meio transgressor, não?

  2. Fala Caio.

    Particularmente não achei tão transgressor. è como se adapatassem os filmes noir envolvendo detetives para o submundo do Harlem. Nesse contexto, Sweet Sweetback é mais transgressor.

    Mas ainda assim Shaft é um bom filme.